• Dr. Luiz Muller

1,65 milhões de crianças brasileiras têm escoliose




A escoliose é mais comum do que se imagina. A deformidade afeta 3% das crianças e adolescentes brasileiros, chegando a prevalência de 1 milhão e 650 mil casos na população até 13 anos de idade. Do total, entre 0,3% e 0,5% progridem até precisar de algum tipo de tratamento e cerca de 0,1% dessas crianças precisam de cirurgia.


De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS) mais de 6 milhões de brasileiros, em especial, adolescentes do sexo feminino, sofrem com a escoliose idiopática.


Esse número tão expressivo só reforça a necessidade de divulgarmos conhecimento para fazermos cada vez mais diagnósticos e, nos casos com indicação, tratamentos precoces com o uso de coletes por exemplo - para evitar a progressão da curva e a necessidade da cirurgia.


Conhece alguém que precisa saber disso? Marque nos comentários


Dr. Luiz Müller Avila

CRM-PR 29757 / RQE 17041


Para agendar a sua consulta entre em contato com a nossa equipe:

(41) 99276-0655

Hospital Pequeno Príncipe

Clínica Artro

Curitiba - PR

0 visualização0 comentário