• Dr. Luiz Muller

4 causas da escoliose




A escoliose é um desvio maior que 10º da coluna, quando vista do plano frontal. Ela pode ocorrer sem uma causa específica, como é o caso da escoliose idiopática, e existem doenças que podem causar a deformidade. São dezenas de doenças, e muitas vezes aparecem casos no Hospital que são “novidade” mesmo para mim e para a equipe que atua com esses casos, altamente experiente.


Hoje vou falar rapidamente de quatro doenças que podem causar a escoliose:


- Síndrome de Marfan


Trata-se de uma doença que atinge o tecido conjuntivo que, em 25% dos casos, ocorre por mutação espontânea. Atinge meninos e meninas na mesma proporção. Deformidades como a escoliose e a espondilolistese são dois dos principais sintomas da alteração. A primeira, acomete 60% dos pacientes e de 25% a 50% destes têm indicação de tratamento cirúrgico. Curvas consideradas “menores” em muitos casos têm indicação de tratamento clínico, mas os índices de resultados positivos são considerados baixos.


- Síndrome de Ehlers Danlos

Também conhecida como Síndrome do Homem Elástico é uma alteração de colágeno que afeta o tecido conjuntivo, principalmente a pele, as articulações e as paredes dos vasos sanguíneos. Os pacientes são,aqueles que se apresentam como contorcionistas, além de ter a pele elástica que também pode ser translúcida.

Com as alterações diretas no colágeno a doença tem, entre suas possíveis complicações, deformidades músculo esqueléticas como a escoliose e cifoescoliose.


- Síndrome de Down

A síndrome é considerada o distúrbio genético mais comum, com incidência de 1 a cada 660 bebês e afeta principalmente os genes responsáveis pelo colágeno, causando hiperlassidão (frouxidão) dos ligamentos. Esta alteração do colágeno pode afetar diversos órgãos, entre eles a coluna. Até 40% dos pacientes podem apresentar instabilidade da coluna cervical, escoliose ou espondilolistese.


- Neurofibromatose

Trata-se de uma doença multissistêmica que se manifesta com alterações ortopédicas, no sistema nervoso, vascular e na pele. Tem a escoliose como uma de suas principais manifestações clínicas e os pacientes que apresentam a deformidade geralmente têm progressão da curva e apresentam significativa piora do quadro, caso não haja intervenção médica.

As curvas aparecem com o paciente ainda jovem, principalmente durante a adolescência, por volta dos 8 anos de idade.


Sempre alerto minhas pacientes para terem cuidado com as informações que encontram na internet, cada caso de escoliose é único e pode ter uma causa específica. O que leu ou ouviu online pode não ser real para seu caso em específico.


Lembre-se que NADA substitui uma avaliação médica:


Para agendar seu horário entre em contato com a nossa equipe:

(41) 99276-0655 ou https://bit.ly/3AARnTm

Hospital Pequeno Príncipe

Clínica Artro

Curitiba - PR


Dr. Luiz Müller Avila

CRM-PR 29757 / RQE 17041

0 visualização0 comentário