• Dr. Luiz Muller

Diagnóstico precoce reduz necessidade de cirurgia em 70% dos casos de escoliose




Sempre ressalto que o diagnóstico precoce da escoliose e o acompanhamento médico dos quadros mais leves é essencial para evitar a progressão da doença.


Um estudo chamado "Efeitos da órtese em adolescentes com escoliose idiopática", conduzido em 25 centros médicos nos Estados Unidos e Canadá, reforça essa informação, mostrando que o tratamento precoce, aliado ao tratamento adequado, evitou a cirurgia em 70% dos pacientes com escoliose


Nos casos analisados, a intervenção médica, com o uso de coletes, foi feita no momento ideal e evitou a progressão das curvas da deformidade.


O tratamento em curvas menores pode mudar a história natural da doença, muitas vezes evitando uma cirurgia. Em apenas seis meses uma paciente no estirão do crescimento pode ter uma piora (ou um aumento da curva) de mais de 10º.


Esteja sempre atento a sinais como assimetria dos ombros e da cintura e presença da giba - o aspecto corcunda e em caso de sintomas consulte um especialista.


Dr. Luiz Müller Avila

CRM-PR 29757 / RQE 17041


Para agendar a sua consulta entre em contato com a nossa equipe:

(41) 99276-0655

Hospital Pequeno Príncipe

Clínica Artro

Curitiba - PR

0 visualização0 comentário