• Dr. Luiz Muller

Existem fatores de risco para a escoliose?

Atualizado: 8 de fev.




Existem diferentes tipos de escoliose e o risco de desenvolver a deformidade é diferente entre eles.


Vale lembrar que a escoliose é mais comum entre meninas, principalmente durante o estirão de crescimento (dos 10 aos 13 anos de idade) e que têm casos da deformidade na família.


ESCOLIOSE NEUROMUSCULAR: Ocorre em pacientes com alterações neurológicas. É muito comum entre crianças e adolescentes com paralisia cerebral, principalmente entre aqueles que não conseguem caminhar, atingindo quase 100% dos casos nesse grupo de pacientes. Também é bastante observada em pacientes com Atrofia Muscular Espinhal, lesão na medula e em diversas síndromes.


ESCOLIOSE DEGENERATIVA DO ADULTO: É causada pela degeneração dos discos devido ao avanço da idade. Também pode ocorrer naqueles pacientes que desenvolveram escoliose durante a infância e não buscaram tratamento e acompanhamento médico.


ESCOLIOSE IDIOPÁTICA: É a mais comum, correspondendo a 80% do total de casos de escoliose. Não se sabe qual é exatamente a sua causa e, por isso, não é possível apresentar fatores de risco para a doença. Mas sabe-se que é mais comum para quem tem familiares com escoliose.


ESCOLIOSE CONGÊNITA: É aquela que se origina desde o nascimento, pode ter fatores genéticos, mas ainda não foi definida uma causa específica.


Quer saber mais? Coloque a sua dúvida nos comentários


Para agendar seu horário entre em contato com a nossa equipe:

(41) 99276-0655 ou https://bit.ly/3AARnTm

Hospital Pequeno Príncipe

Clínica Artro

Curitiba - PR


Dr. Luiz Müller Avila

CRM-PR 29757 / RQE 17041

5 visualizações0 comentário