• Dr. Luiz Muller

Tive escoliose na infância. Meu filho também vai ter?




Não necessariamente. Ainda não se conhece a causa da Escoliose Idiopática do Adolescente, mas sabemos que há um importante fator genético na doença, porém isso não significa que em todos os casos os pais que tiveram a deformidade na infância vão ter filhos com escoliose.


Entre 8% e 10% das as pacientes com Escoliose Idiopática do Adolescente terão filhos com escoliose. O mesmo número vale para irmãos. Se lembrarmos que 2% a 3% da população em geral irá desenvolver escoliose, vemos que as chances realmente são bastante aumentadas porém, fazendo a conta ao contrário, 90% a 92% terão descendentes, ou parentes em primeiro grau, sem nenhuma deformidade na coluna.


Então o recado é: fiquem atentos, mas sem alarme


Lembrem-se: quando fazemos o diagnóstico precoce, o tratamento conservador pode ter ótimos resultados!


Para reservar seu horário entre em contato com a nossa equipe:

(41) 99276-0655 ou https://bit.ly/3AARnTm

Hospital Pequeno Príncipe

Clínica Artro

Curitiba - PR


Dr. Luiz Müller Avila

CRM-PR 29757 / RQE 17041

0 visualização0 comentário